Acessibilidade
Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página Principal > Notícias > Artigo sobre PROFESP é premiado no III Concurso de Artigos Científicos da Comissão do Esporte
Início do conteúdo da página

Artigo sobre PROFESP é premiado no III Concurso de Artigos Científicos da Comissão do Esporte

Publicado: Segunda, 11 de Novembro de 2019, 12h04

Brasília (DF), 06/11/2019 - Na terça-feira (5), foi realizada, na Câmara dos Deputados, a premiação do III Concurso de Artigos Científicos da Comissão do Esporte da Câmara dos Deputados. Dentre os vencedores estava o capitão Pedro Georges Galvão, que conquistou o 1° lugar com o artigo “ O PROGRAMA FORÇAS NO ESPORTE COMO FATOR DE INCLUSÃO SOCIAL E DESENVOLVIMENTO ESPORTIVO NO BRASIL”.







   Em seu artigo, o autor destacou que o Programa Forças no Esporte (PROFESP) é fator de inclusão social e desenvolvimento esportivo no Brasil, levando a sua importância para milhares de cidadãos em formação, os quais têm garantido o direito à prática de atividade física e esportiva, além de outros benefícios que o programa oferece.

Sobre a escolha do tema, o Capitão contou que, quando chegou como Aspirante a Oficial, em sua primeira Organização Militar, em 2006, o programa já estava sendo implantado. Assim, o militar teve a oportunidade de conhecer de perto a sua importância na vida de crianças e jovens em situação de vulnerabilidade social, bem como o seu potencial para contribuir com o desenvolvimento do país.

Em 2012, Pedro fez o curso de Educação Física do Exército, aproximando-se ainda mais do programa. Quando teve a chance de concorrer a uma bolsa de mestrado, em 2016, decidiu pesquisar sobre o funcionamento e sobre as possibilidades de aperfeiçoamento do PROFESP. Mais tarde, com o apoio de sua orientadora, resolveu participar do concurso da Câmara dos Deputados, com um artigo na categoria Políticas do Esporte, sagrando-se vencedor.

De acordo com Pedro, políticas públicas, como o PROFESP, são necessárias para o desenvolvimento do país, uma vez que contribui para a formação de cidadania de milhares de crianças e jovens, que constituem o futuro de toda a Nação.

Por Vítor Rosas, estagiário sob supervisão de Maristella Marszalek - Departamento do Desporto Militar (DDM)

Assessoria de Comunicação Social (ASCOM)
Ministério da Defesa
(61) 3312-4071

registrado em:
Fim do conteúdo da página