Acessibilidade
Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página Principal > Notícias > Mais de 1500 militares atuam com a população no monitoramento e limpeza do litoral do Nordeste
Início do conteúdo da página

Mais de 1500 militares atuam com a população no monitoramento e limpeza do litoral do Nordeste

Publicado: Segunda, 21 de Outubro de 2019, 12h51

O Ministério da Defesa, por meio da Marinha do Brasil, vem atuando proativamente, desde o início do aparecimento das manchas no litoral nordestino, no dia 2 de setembro, com ações de monitoramento e redução de danos. Já foram mobilizadas 48 Organizações Militares, com emprego de 1.583 militares, quinze navios, e uma aeronave, além de embarcações e viaturas pertencentes a diversas Capitanias dos Portos, Delegacias e Agências. Também atuam na operação 74 servidores, 10 viaturas, 1 avião e 2 helicópteros pertencentes ao IBAMA.

Buscas realizadas pelos navios

A Petrobras participa dos esforços para limpeza das praias atingidas, coletando mais de 200 toneladas de resíduos oleosos (mistura de óleo e areia) e mobilizando 1 navio especializado, helicópteros, cerca de 1.700 agentes ambientais e mais de 50 empregados.

Buscas realizadas por aeronaves da MB

Desde o início do incidente, vem sendo realizadas patrulhas com navios e aeronaves; inspeções navais por meio das Capitanias, Delegacias e Agências; buscas aéreas com helicópteros do IBAMA e da Petrobras e avião de monitoramento do Ibama; limpeza de diversas praias por meio de mutirão unindo os militares à comunidade civil; e recolhimento de óleo no mar por mergulhadores de Navio-Patrulha da Marinha. Diariamente, agentes do IBAMA, ICMBio, PETROBRAS, dos estados e municípios, voluntários, marinheiros e fuzileiros navais integram-se no esforço de limpeza de praias no litoral do Nordeste, desde o alvorecer até depois do pôr do sol.

Colocação de barreiras de contenção na praia de Gravatá - PE

No último domingo (20/10), a Marinha confirmou que já haviam sido recolhidas mais de 600 toneladas de resíduos das praias do litoral nordestino, ao longo dos 2.250 quilômetros afetados pelo óleo.

Limpeza no Pontal do Bonqueirão - AL

Encontra-se em vigor o Plano Nacional de Contingência para incidentes de Poluição por Óleo em Águas sob Jurisdição Nacional (PNC), sob a autoridade do Ministério do Meio Ambiente, tendo a Marinha do Brasil como coordenador operacional.

Limpeza na praia de Santo Antônio - AL

Em Pernambuco, por exemplo, participam do Grupo de Acompanhamento e Avaliação (GAA), representantes da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), do IBAMA, do Governo de Pernambuco, além de componentes da Marinha, incluindo a Capitania dos Portos de Pernambuco (CPPE).

Limpeza na Praia de Japaratinga - AL

Quanto ao óleo cru, sabemos, de acordo com análises independentes, realizadas pela Marinha, Petrobras e por Universidades, que não é produzido ou processado no Brasil. Assim, após uma triagem das informações do tráfego mercante na região, a Marinha já notificou 30 navios-tanque, de 10 diferentes bandeiras, a prestarem esclarecimentos, buscando incessantemente identificar os responsáveis por esse crime ambiental.

Recolhimento do óleo no mar pelos mergulhadores do Navio-Patrulha Goiana

O Ministério da Defesa, por intermédio da Marinha, mantém contato com autoridades competentes dos países dessas bandeiras, com a Organização Marítima Internacional e com a Polícia Federal, visando elucidar os fatos. Todas as ações são coordenadas com o IBAMA, ICMBio, Polícia Federal, ANP, Petrobras, Exército Brasileiro, Força Aérea Brasileira, Universidades Federais, demais órgãos estaduais e municipais.

Limpeza na praia de ipojuca-PE

O evento é inédito na história do País, pela extensão geográfica da incidência e pela duração no tempo. Uma vez mais, nossas Forças Armadas se fazem presentes junto ao povo brasileiro, na certeza de que, somente a união de esforços, tanto na esfera governamental (federal, estadual e municipal), juntamente com a sociedade civil, que voluntariamente vem se mobilizando, permitirá que as consequências deste grave incidente ambiental sejam confrontadas no menor prazo possível, minimizando os danos ao meio ambiente. Este é o verdadeiro espírito da Nação Brasileira.

MINISTÉRIO DA DEFESA, HÁ 20 ANOS CUIDANDO DO POVO BRASILEIRO

registrado em:
Fim do conteúdo da página