Acessibilidade
Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página Principal > Notícias > Comitiva interministerial debate preservação com governadores da Amazônia Oriental
Início do conteúdo da página

Comitiva interministerial debate preservação com governadores da Amazônia Oriental

Publicado: Segunda, 02 de Setembro de 2019, 20h58
Brasília, 02/09/2019 – O ministro da Defesa, Fernando Azevedo, integrou, nesta segunda-feira (2) a comitiva interministerial que se reuniu com cinco governadores da Amazônia Oriental. O objetivo do encontro foi discutir com os estados medidas de combate a ilícitos ambientais, preservação da floresta e desenvolvimento econômico. Também estiveram os Ministros da Casa Civil, do Meio Ambiente, da Agricultura, da Secretaria de Governo, o presidente da Funai, do IBAMA, do ICMBio e do INCRA, além dos governadores Helder Barbalho (PA), Waldez Góes (AP), Mauro Mendes (MT), Mauro Carlesse (TO) e Carlos Brandão, vice-governador do Maranhão.
Na ocasião, o chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou que a comitiva interministerial irá processar todas as questões debatidas a partir da próxima semana. Uma delas, é o uso da estrutura das Forças Armadas para o monitoramento contínuo de queimadas e desmatamento, somado ao que é feito por todos os sistemas e os governos estaduais. “Vamos trabalhar sim para que isso possa ser feito, pois é uma resposta muito importante para o presente e o futuro da Amazônia”, destacou.

No âmbito da Garantia da Lei e da Ordem Ambiental, o ministro da Defesa, Fernando Azevedo, confirmou a ajuda internacional com a chegada de duas aeronaves chilenas especializadas em lançamento de água, nesta segunda-feira. “Israel também mandará uma equipe de brigadistas, os Estados Unidos ainda estamos em tratativas para saber quais os meios que ele podem prestar. Quero dizer que nosso contingente é muito bom e rápido, mas qualquer ajuda é válida e bem-vinda” disse.
Durante a visita, o Comandante Conjunto do Norte, General de Exército Paulo Sérgio, fez um briefing para as autoridades das ações das Forças Armadas na Amazônia Oriental, como parte da Operação Verde Brasil. De acordo com ele, entre as ações estão combate a queimadas, capacitação de 1500 brigadistas, o reconhecimento terrestre, aéreo e naval para combater ilícitos ambientais, além de ações cívico sociais, como palestras em escolas e plantio de árvores. 
Números
No momento, há cerca de 6 mil integrantes envolvidos na Operação Verde Brasil, mais de 150 viaturas, 16 aeronaves e 20 embarcações.

Fotos: Alexandre Manfrim/MD

Assessoria de Comunicação Social (Ascom)

Ministério da Defesa 

(61) 3312-4071

registrado em:
Fim do conteúdo da página