Acessibilidade
Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página Principal > Notícias > Ministro da Defesa visita o Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial
Início do conteúdo da página

Ministro da Defesa visita o Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial

Publicado: Sexta, 16 de Agosto de 2019, 18h25

São José dos Campos (SP), 16/08/2019 - O Ministro da Defesa, Fernando Azevedo, visitou nesta sexta-feira (16) o Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA), em São José dos Campos, no estado de São Paulo. Ele conheceu as instalações do complexo da Força Aérea Brasileira, recebeu informações sobre o Programa Espacial Brasileiro e teve contato com alunos do Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA).

Ministro da Defesa é recebido pelo Comandante da FAB em organização militar de São José dos Campos

O Ministro disse que o DCTA é motivo de orgulho não só para as Forças Armadas, mas também para o Brasil, por tratar-se de um departamento de renome internacional. “Aqui se põe em prática o que a gente chama de tríplice hélice. Temos a participação do governo, da universidade e das indústrias. Este é um lugar fértil e profícuo. Os projetos aqui merecem um esforço grande do governo em termos orçamentários”, afirmou.

Ministro conhece departamento de renome internacional localizado no Vale do Paraíba

Centro Espacial em Alcântara

Além disso, o Diretor-Geral do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial, Tenente-Brigadeiro do Ar Aguiar, solicitou ao Ministro da Defesa que o Centro Espacial em Alcântara seja encarado como um projeto do País e não apenas do MD. “Ele envolve muita estrutura. Tem um acervo de turismo muito grande. Vai verdadeiramente ultrapassar vários governos”.

Em palestra, o Brigadeiro Aguiar ressaltou que o ensino, a pesquisa e o desenvolvimento alavancam a ciência, a tecnologia e a inovação. Por isso, eles não devem ser ignorados. “Nós tentamos traduzir para o ministro os 50 anos de história do DCTA. Apesar das dificuldades financeiras que o país passa, não podemos delegar a ciência e a tecnologia para segundo plano, sob pena de não termos um futuro brilhante.”

Ampliação do ITA

A Força Aérea Brasileira confirmou que pretende ampliar as vagas do Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA). Atualmente, a Universidade recebe apenas 120 alunos no seu primeiro ano de ensino, comportando um total de 600 estudantes, se forem somados aos cinco anos para a conclusão dos cursos nas áreas de Engenharia: Aeronáutica, Civil-Aeronáutica, Mecânica-Aeronáutica, de Computação, Eletrônica e Aeroespacial.

“Isso vai dar uma injeção de engenheiros de qualidade no mercado brasileiro. Vamos tentar alavancar as obras aqui, com o apoio do Ministério da Educação”, disse o Ministro da Defesa.

Orgulho nacional

Após a visita, o Comandante da Força Aérea Brasileira (FAB), Tenente-Brigadeiro do Ar Antônio Carlos Moretti Bermudez, destacou o que o DCTA representa para o país.

“Chegar ao DCTA com o Ministro da Defesa, para mostrar a importância desse complexo de ponta, é motivo de muita alegria e satisfação, como brasileiro que somos, por tudo o que vimos e ouvimos. Vimos aqui a importância de cada um e o que isso representa para o desenvolvimento nacional”, finalizou.

Por Capitão-Tenente Fabrício Costa

Fotos: Assessoria de Comunicação do DCTA

Assessoria de Comunicação Social (Ascom)
Ministério da Defesa
61 3312-4071

registrado em:
Fim do conteúdo da página