Acessibilidade
Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página Principal > Notícias > Marinha do Brasil comemora aniversário da Batalha Naval do Riachuelo
Início do conteúdo da página

Marinha do Brasil comemora aniversário da Batalha Naval do Riachuelo

Publicado: Terça, 11 de Junho de 2019, 18h53

Brasília, 11/06/2019 - A Marinha do Brasil comemorou, nessa terça-feira (11), o 154º aniversário da Batalha Naval do Riachuelo, em cerimônia realizada no Grupamento de Fuzileiros Navais de Brasília. Na ocasião, foi entregue a Medalha da Ordem do Mérito Naval a 180 personalidades civis e militares que prestaram serviços relevantes à Marinha e a sete instituições. 

Assim que chegou ao local, o Presidente da República, Jair Bolsonaro, foi recepcionado pelo Ministro da Defesa, Fernando Azevedo, e pelo Comandante da Marinha, Ilques Barbosa Junior. Passou em revista à Guarda de Honra e foi conduzido ao palanque principal.

Na Ordem do Dia, o Comandante da Marinha relembrou os feitos históricos do dia 11 de junho de 1865. À época, o Brasil saiu vencedor da Guerra da Tríplice Aliança, o maior conflito na história da América do Sul. “Em sucessivos ataques, a Fragata Amazonas albaroou e pôs a pique três navios inimigos e uma chata artilhada, iniciando a mudança do curso do combate”, disse o Almirante Ilques.

Na Mensagem presidencial, Jair Bolsonaro homenageou “os homens e mulheres da Força Naval, heróis de sempre, que se dedicam ao serviço da Pátria no mar e em águas interiores”.

Durante a solenidade, em homenagem aos heróis da Batalha Naval do Riachuelo, foram içados os sinais de Barroso: "o Brasil espera que cada um cumpra o seu dever” e “sustentar o fogo que a vitória é nossa”. Em seguida, houve a execução dos toques da Vitória e de Comandante em Chefe, além da salva de 17 tiros de canhão.

O Presidente Jair Bolsonaro, acompanhado do Ministro da Defesa e do Comandante da Marinha, realizou a imposição das condecorações no grau de Grande Oficial dos Ministros: Chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni; Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro; Relações Exteriores, Ernesto Araújo; Economia, Paulo Guedes; Infraestrutura, Tarcício Gomes; Agricultura, Tereza Cristina; Cidadania, Osmar Terra; Saúde, Luiz Henrique Mandetta; Meio Ambiente, Ricardo Salles; Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto; Controladoria Geral da União, Wagner Rosário; Secretaria de Governo da Presidência da República, Santos Cruz; e Advogado-Geral da União, André Luiz de Almeida Mendonça. Além disso, foram agraciados a Procuradora-Geral da República, Raquel Dodge e o Chefe de Gabinete da Presidência da República, Pedro César Nunes.

Na categoria instituições, as seguintes organizações militares foram agraciadas: Comando Militar do Sul, Diretoria de Patrimônio Histórico e Documentação da Marinha, Diretoria de Administração da Marinha, Comissão de Promoções de Oficiais da Aeronáutica, Centro de Misseis e Armas Submarinas da Marinha, Sociedade Amigos da Marinha e Yacht Clube da Bahia.

Ordem do Mérito Naval

A Ordem do Mérito Naval, criada pelo decreto n 24.659, de 11 de junho de 1934, destina-se a agraciar os militares da Marinha do Brasil que se tenham distinguido no exercício de sua profissão e, excepcionalmente, corporações militares e instituições civis, nacionais e estrangeiras, suas bandeiras ou estandartes, assim como personalidades civis e militares que tiverem prestado relevantes serviços à Marinha do Brasil.

Por Capitão-Tenente Fabrício

Fotos: Tereza Sobreira/ASCOM MD

Assessoria de Comunicação Social (Ascom)
Ministério da Defesa
(61) 3312-4071

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página