Acessibilidade
Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página Principal > Notícias > Defesa e TCU estabelecem cooperação técnica na área administrativa
Início do conteúdo da página

Defesa e TCU estabelecem cooperação técnica na área administrativa

Publicado: Quinta, 10 de Outubro de 2013, 16h29

MD e TCU estabelecem cooperação técnica na área administrativa
MD e TCU estabelecem cooperação técnica na área administrativa
Brasília, 10/10/2013 – Profissionais civis e militares do Ministério da Defesa (MD) vão receber capacitação para aperfeiçoar sua atuação nas áreas de auditoria, licitação e gestão de contratos. Acordo celebrado entre a pasta e o Tribunal de Contas da União (TCU) prevê atividades conjuntas de educação, presenciais ou à distância, além da participação em cursos, seminários, simpósios e palestras ministrados pelo órgão de fiscalização.

O documento que dá início à parceria foi assinado na manhã desta quinta-feira pelo ministro da Defesa, Celso Amorim, e pelo presidente do TCU, João Augusto Ribeiro Nardes, na sede do respectivo órgão, em Brasília (DF).

Na ocasião, Amorim lembrou que o controle interno é uma área que tem se desenvolvido em seu ministério, tendo sido, inclusive, tema de evento realizado recentemente. A cooperação, nesse sentido, “é algo de extrema importância”, disse.

Já o presidente do TCU afirmou que o MD tem se destacado de forma positiva nas avaliações que o tribunal conduz com entes da Administração Pública. “É o órgão que teve o melhor desempenho de todos os ministérios do Brasil”, completou. Celso Amorim, por sua vez, disse que “o acordo será um instrumento que vai melhorar ainda mais a eficiência da Defesa”.

Presente também ao evento, o secretário-geral do MD, Ari Matos Cardoso, disse que esta é a primeira vez em que esse tipo de integração acontece entre os órgãos. Ele explicou que o contrato é válido por um ano, a partir da assinatura, podendo ser prorrogado ao final desse período.

Segundo Ari Matos, a iniciativa contempla, também, servidores dos Comandos da Marinha, do Exército e da Aeronáutica; do Hospital das Forças Armadas (HFA); da Escola Superior de Guerra (ESG), em Brasília e no Rio de Janeiro; e do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam).

A capacitação será feita pelo Instituto Serzedello Corrêa, unidade do TCU especializada em cursos dessa natureza. Para este ano e o próximo, a previsão da instituição é formar 100 mil gestores em diferentes locais do país. “Nossa missão é ajudar o Brasil a ter boas práticas de gestão. Precisamos aperfeiçoar o Estado”, finalizou Augusto Nardes.

Foto: Tereza Sobreira
Assessoria de Comunicação Social (Ascom)
Ministério da Defesa
61 3312-4070

Fim do conteúdo da página