Acessibilidade
Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página Principal > Notícias > Aula magna abre curso voltado à integração entre civis e militares
Início do conteúdo da página

Aula magna abre curso voltado à integração entre civis e militares

Publicado: Segunda, 11 de Março de 2013, 17h21

Rio de Janeiro, 11/03/2013 – Aula magna proferida pelo ministro da Defesa, Celso Amorim, marcou o início das atividades da primeira edição do Curso Superior de Defesa (CSD). A exposição aconteceu na manhã desta segunda-feira no auditório da Escola de Comando e Estado-Maior do Exército (ECEME), no Rio. Ao todo, 210 alunos, entre militares das três Forças e civis, participaram do evento.

Aula magna abre curso voltado à integração entre civis e militares
Aula magna abre curso voltado à integração entre civis e militares

“Este curso torna realidade mais um objetivo da Estratégia Nacional de Defesa. Ao mesmo tempo em que otimiza os currículos dos cursos de altos estudos, promove a integração entre as três Forças Armadas e o entrosamento entre civis e militares”, disse o ministro, ao saudar a iniciativa da Escola Superior de Guerra (ESG).

Durante o discurso, Amorim destacou que a concretização do curso faz parte do esforço da presidenta Dilma Rousseff de incrementar a agenda de defesa brasileira. “São visíveis os avanços na área de defesa nos três anos deste governo,” afirmou. E citou, como exemplo, a recente inauguração da Unidade de Fabricação de Estruturas Metálicas (Ufem), em Itaguaí (RJ), no âmbito do Programa de Submarinos da Marinha (Prosub).

O ministro abordou outros projetos prioritários das Forças Armadas e elogiou a vitória brasileira na venda de 20 aviões Super Tucano aos Estados Unidos, além da recente negociação com a Rússia para aquisição de sistemas antiaéreos. Sobre este último tópico, afirmou que “o Brasil passará da era do canhão para a [era] do míssil. A indústria de defesa está sendo aquecida”.

A aula

A cerimônia inaugural do CSD começou com o canto do Hino Nacional. Depois das palavras do ministro, um “estagiário” – como são chamados os alunos do curso – ficou encarregado de agradecer ao ministro pela presença, prática tradicional das capacitações da ESG.

Na ocasião, o coronel do Exército Sidnei Prado explicou que “a partir de 2013, o curso passa a integrar o rol de objetivos do Ministério da Defesa a fim de colocar a defesa em pauta na sociedade civil.” E acrescentou: “Somos todos pioneiros. Desafio é a palavra adequada para a nossa nova jornada”.

O Curso Superior de Defesa tem o objetivo de preparar civis e militares das Forças Armadas e auxiliares para exercer funções de assessoramento que envolvam assuntos de defesa, tanto no âmbito do Ministério da Defesa como nos demais órgãos governamentais. Em sua primeira edição, terá carga horária total de 242 horas/aula e acontecerá de março a novembro deste ano.

Foto: Tereza Sobreira
Assessoria de Comunicação Social (Ascom)
Ministério da Defesa
61 3312-4070

Fim do conteúdo da página