Acessibilidade
Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Atual chefe do EMCFA

O tenente-brigadeiro do ar Raul Botelho nasceu no dia 22 de julho de 1957, na cidade de são Paulo, no estado de São Paulo, ingressou nas forças armadas em 1973, sendo declarado aspirante em 1979. Foi promovido a brigadeiro do ar em março de 2007 e a tenente-brigadeiro do ar em março de 2015.

É oficial da força aérea brasileira, possui todos os cursos de carreira, dentre os quais o curso de formação de oficiais aviadores, o curso de aperfeiçoamento de oficiais, o curso de comando e estado-maior da aeronáutica e o curso de política e estratégia aeroespaciais. Na área civil, é bacharel em administração de empresas, formado pela universidade Mackenzie – SP e pós-graduado lato sensu, MBA executivo em gestão administrativa, nível estratégico.

O tenente-brigadeiro Botelho é piloto de reconhecimento aéreo e piloto de busca e salvamento.

Dos diversos cargos já exercidos, destacam-se: comandante de esquadrilha, na academia da força aérea; comandante do destacamento de proteção ao voo de São Paulo; comandante do primeiro esquadrão do sexto grupo de aviação; observador militar da ONU, em Moçambique – África; assessor na secretaria de acompanhamento e estudos institucionais do gabinete de segurança institucional da presidência da república; representante do brasil na junta interamericana de defesa – Washington – D.C. EUA; comandante da primeira força aérea; comandante do terceiro comando aéreo regional; diretor-geral do departamento de ensino da aeronáutica; comandante-geral do pessoal; presidente da comissão de promoção de oficiais e chefe do Estado-Maior da Aeronáutica.

Assumiu o cargo de chefe do estado-maior conjunto das forças armadas, do ministério da defesa, em 15 de janeiro de 2019.

Possui dezenove condecorações nacionais e três estrangeiras.

O tenente-brigadeiro Botelho possui 3.600 (três mil e seiscentas) horas de voo.

É casado com a senhora Patrícia de Gouvêa Botelho, e possui três filhas: Rayana, Brilla e Maria Eduarda.

Fim do conteúdo da página