Acessibilidade Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página Principal > Notícias > Cerimônia de diplomação marca encerramento da sétima edição do Curso de Direito Internacional dos Conflitos Armados da ESG
Início do conteúdo da página

Cerimônia de diplomação marca encerramento da sétima edição do Curso de Direito Internacional dos Conflitos Armados da ESG

Publicado: Sexta, 16 de Março de 2018, 18h07

Brasília, 16/3/2018 – Os estagiários da sétima edição do Curso de Direito Internacional dos Conflitos Armados da Escola Superior de Guerra (ESG), campus Brasília, receberam, na manhã desta sexta-feira (16), os distintivos e os diplomas de conclusão do CDICA 2018. A solenidade foi presidida pelo comandante da ESG, general Décio Luís Schons. Também integraram a mesa de autoridades o comandante da ESG Brasília, general Wilson Mendes Lauria, e o diretor do curso, coronel Luiz Otávio Bonfim.

A CDICA proporciona a militares e civis, conhecimento prático e atual sobre temas relativos às leis dos conflitos armados, com foco em questões nacionais e internacionais, e na interoperabilidade das Forças multinacionais em missões de Paz. Participaram desta edição 42 estagiários, 23 militares e 7 civis. E o diferencial do curso deste ano foram 12 oficiais das Nações Amigas .

Na cerimônia de encerramento, as palavras iniciais foram proferidas pela oradora da turma Ruy Barbosa CDICA 2018, Ângela Montenegro Taveira, promotora de justiça militar da Procuradoria da Justiça Militar de Brasília. “Chegamos ao final do curso com nossos objetivos alcançados. Sairemos mais preparados para o exercício das funções de assessoramento de alto nível e para a tomada de decisões que envolvam questões relativas à aplicação das leis de conflitos armados”, afirmou.

O general Schons destacou o potencial do CDICA de atender às expectativas e necessidades das instituições do país e a notoriedade que o curso tem ganhado ao longo dos anos com o aumento do número de participantes. “O DICA é imprescindível nos dias de hoje. O comandante militar tem que estar muito bem assessorado, não adianta reagir contra isso, essa é a situação que vivemos hoje, então vamos nos adaptar”, disse o general.

Além disso, o comandante da ESG ressaltou a importância das sugestões apresentadas pelos estagiários para a evolução do conteúdo apresentado no curso. “Estamos abertos a receber sugestões para melhorar o nosso curso e melhorar a escola. Nós não podemos nunca repousar achando que as coisas estão boas”, destacou.

O general Schons também falou dos projetos da ESG para este ano, tais como: o curso de pós- graduação na área de segurança internacional e defesa, em andamento no campus do Rio de Janeiro, a contratação de novos professores e a realização, em Brasília, do Curso de Altos Estudos em Política e Estratégia.

No final da solenidade o general parabenizou os estagiários e destacou a importância da ESG para o desenvolvimento do país. “A Escola Superior de Guerra é a escola dos brasileiros e do Ministério da Defesa. É o lugar onde se pensa o futuro do Brasil” concluiu.

Por Débora Sampaio

Assessoria de Comunicação Social (Ascom)
Ministério da Defesa
61 3312-4071

registrado em:
Fim do conteúdo da página