Acessibilidade Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página Principal > Notícias > Jungmann discute defesa e segurança com emir do Catar
Início do conteúdo da página

Jungmann discute defesa e segurança com emir do Catar

Publicado: Terça, 05 de Dezembro de 2017, 13h58

Doha (Catar), 05/12/17 - Na manhã da segunda-feira (4), o ministro Raul Jungmann foi recebido pelo emir do Catar, o xeque Tamim bin Hamad Al Thani. O encontro faz parte da agenda de visitas oficiais que o ministro realiza esta semana aos países árabes, para discutir o fortalecimento da cooperação bilateral e a parceria no desenvolvimento de projetos estratégicos setoriais.

Fotos: Divulgação ASCOM/MD

No início da reunião, Jungmann e o xeque Tamim bin Hamad Al Thani fizeram breves considerações sobre as visões estratégicas dos dois países. Em seguida, o ministro destacou as prioridades geoestratégicas do Brasil, focadas no incremento da cooperação com as nações amigas de todo o mundo. “Mais do que uma relação de compra e venda, queremos estabelecer parcerias, para que todos saiam ganhando”, disse o ministro.

Além da cooperação na área da defesa e parcerias industriais, o Brasil também irá compartilhar sua expertise em inteligência, principalmente no que se refere a sediar grandes eventos, pois o Catar será o anfitrião da Copa do Mundo de 2022.

 Jungmann também foi recebido pelo primeiro-ministro, o xeque Abdullah bin Nasser bin Khalifa Al Thani
Jungmann também foi recebido pelo primeiro-ministro, o xeque Abdullah bin Nasser bin Khalifa Al Thani

A afinidade e as estreitas relações diplomáticas com o Brasil também foram consideradas pelo emir do Catar.  “Mesmo com a distância geográfica entre nossos países, temos sentimentos que nos aproxima. Eu acredito que seja a alegria do povo” lembrou o xeque Tamim bin Hamad Al Thani.

Brasil e Catar estabeleceram relações diplomáticas em 1974. Após vinte anos de contatos meramente formais, pontilhados por visitas privadas de altas autoridades, o Catar passou a demonstrar interesse crescente em aprofundar seus vínculos com o Brasil.

Além do emir, Jungmann também foi recebido pelo primeiro-ministro, o xeque Abdullah bin Nasser bin Khalifa Al Thani, e pelo ministro da Defesa, Khalid bin Mohamed Al Attiyah. Nessas reuniões, o ministro Raul Jungmann esteve acompanhado do  chefe de Assuntos Estratégicos do Ministério da Defesa, brigadeiro Alvani Adão da Silva.

Por Adriana Fortes

Assessoria de Comunicação Social (Ascom)
Ministério da Defesa
61 3312-4070

Fim do conteúdo da página