Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Você está em: Página inicial > Notícias > Ministro exalta integração da América do Sul na abertura de curso da ESG
Início do conteúdo da página

Ministro exalta integração da América do Sul na abertura de curso da ESG

Publicado em Segunda, 15 Setembro 2014 12:28 | Última atualização em Segunda, 15 Setembro 2014 14:01

Rio de Janeiro, 15/09/2014 – O ministro da Defesa, Celso Amorim, proferiu aula magna de abertura de duas novas qualificações da Escola Superior de Guerra (ESG), no Rio de Janeiro, na manhã da última sexta-feira (12). “Essa sessão conjunta do Curso Superior de Defesa e do Curso Avançado de Defesa Sul-Americano simboliza a abertura da Escola Superior de Guerra à nova realidade regional e mundial”.

Amorim centrou a palestra em um panorama de segurança internacional e seu significado para a América do Sul. “É possível identificar duas tendências nesse contexto: o retorno da geopolítica e o ressurgimento de tensões étnicas e religiosas. Os conflitos são graves desafios à nossa paz”, explicou.

De acordo com o ministro, “há uma consciência crescente de que os desafios para a estabilidade e a prosperidade de cada país da América do Sul só podem ser alcançados pela ação comum, por meio da integração da região”.

Celso Amorim disse, ainda, que a riqueza de recursos naturais do continente pode ser alvo de ameaças. Para isso, defendeu que o Brasil esteja preparado para assegurar esse patrimônio. “Temos que ter meios para dissuasão.”

Sobre projetos em conjunto com outros países do entorno, o titular da pasta citou o avião-treinador básico da União das Nações Sul-Americanas (Unasul) e a criação da Escola Sul-Americana de Defesa – importante para o amadurecimento de uma identidade na área. “Nossos países têm muito a ganhar na cooperação neste setor”, sentenciou.

E completou: “Criada em 2008, a Unasul é o ápice da integração na região. Mostramos que podemos, nós próprios, cuidar de nossos países sem influências externas”.  

Sobre os cursos

O comandante da ESG, almirante Eduardo Bacellar Leal Ferreira, enfatizou que os cursos da Escola recebem alunos de todas as nações da América do Sul. Na ocasião, agradeceu ao ministro pela exposição. “Com sua aula, tivemos noções de aspectos e visões que usaremos futuramente em cargos que ocupemos de nível Estado-Maior.”

O Curso Avançado de Defesa Sul-Americano (CAD-Sul) é desenvolvido ao longo de dez semanas, com carga horária total de 330 horas. É amparado em estudos teóricos e aplicações práticas do conteúdo programático. Entre as disciplinas estão caracterização dos países da Unasul; organismos internacionais; e geopolítica e geoestratégia.

Já o Curso Superior de Defesa (CSD) está estruturado em três matérias que articulam e sistematizam os conteúdos abordados: Defesa; Política e Estratégia; e Relações Internacionais. Possui carga horária de 250 horas.

Ambos são voltados a civis e militares brasileiros e de nações amigas, para nível de assessoramento em órgãos das Forças Armadas ou governamentais de interesse para a Defesa Nacional.

Estiveram presentes na aula magna no Rio o chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas, general José Carlos De Nardi, e o secretário-geral da Defesa, Ari Matos Cardoso. 

Fotos: Felipe Barra
Assessoria de Comunicação
Ministério da Defesa
61 3312-4071

registrado em:
Assunto(s): eventos , pesquisa e ensino , unasul , esg
Fim do conteúdo da página